Uma nova chance

230618-Uma nova chanceÉ hora de cuidar de mim, de me resgatar. De conjugar no singular, de me colocar em primeiro lugar. É hora de crescer, de deixar partir quem não quer ficar. De ficar bem com a minha própria companhia. É hora de me reinventar. De vestir-me de liberdade, de resinificar minha existência, resgatar minha essência.

É hora de deixar morrer para renascer. De aparar as arestas, fechar portas e abrir novas janelas. Respirar outros ares, caminhar em outros lugares. Preciso encaixotar lembranças, me acostumar com ausências e me reconstruir, de uma forma melhor até. É preciso explodir pontes, implodir saudades, remover as amarras, colar os cacos e renascer. Porque existe muito mais vida aqui dentro do que lá fora.

É hora de entender que a vida se vive é pra frente, de fazer diferente. É hora de fazer as mudanças que me são necessárias, ajustar os ponteiros. De me fortalecer. De me reorganizar por dentro, mudar o que já não é mais certeza. Ler novos livros, assistir outros filmes, sintonizar outras frequências. É hora de ser o melhor de mim, pra mim. É hora de dormir em paz.

7 comentários sobre “Uma nova chance

  1. Querida, já começou a juntar os cacos e transforma-los em poesia. Que bom poder fazer das quedas, passos de dança! O prazer é todo seu de ser poeta e tudo mais que você lindamente é. Se redescubra, se redesenhe e realinhe seus passos nesta nova etapa! Seja sempre você e seja sempre feliz!!!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s