O que me é de direto

O que me é de direto

 

De você quero só o que me daria secretamente. As tardes furtivas e seus ímpetos mais selvagens. Quero você afundando em mim, o seu olhar me penetrando e abalando as minhas certezas. Quero ser seu gozo, seu suspiro, seu riso e sua fêmea. Seus dedos em meus cabelos e nós entre os lençóis. Quero te ver saciar os apelos do meu corpo e ser apenas a extensão do seu. Continuar lendo “O que me é de direto”