Caminho lentamente pelo tempo, atravesso a cidade, mudo o trajeto, ando em círculos, dobro uma esquina. Faz inverno, muda ano, tanto engano!, e eu não sei mais pra onde ir. Chego sempre de partida, repartida em metade, meio manca, meio oca, vivendo meio que que por (re)existir.

No rádio, coloco uma música, qualquer coisa pra me distrair e alterar a noção do tempo, o correr das horas e terminar logo com essa noite longa que nunca tem fim. Algo nessa letra, nessa rima, abala meu coração. Sua lembrança entra pelas frestas, molha meu rosto, rasga meu peito. Surge abrupta, estúpida, fora do ritmo, do mais profundo de mim. Tão longe, tão perto. O tempo todo aqui, silenciosamente, guardada em mim.

Aqui, agora, onde tudo se confunde. Colidem sonhos, concretudes, possibilidades e conformidades. Sinto seu perfume, tão forte que eu quase acredito que seu cheiro está, de novo, em meus pulmões. Respiro fundo, fico sem ar. Sua falta, sempre ela, não me deixa respirar.

O mundo se dissolve, estruturas se abalam. Clarividência e resquício de ilusão. Me embaraço no seu contorno, rompo minhas fronteiras e caio nos seus não-limites. Já não sei onde começo e você termina. Somos terra de ninguém. Ouço sua voz ecoando nos meus labirintos, reverberando nos ocos de mim. Sua ausência se preenche e eu me farto num banquete imaginário de você.

Deixo que o absurdo se desenhe e me lanço neste instante louco, pouco. Ensandeço do excesso da falta de você. Eu sinto. Te sinto.  Além de todas as coisas, apesar de todo tempo, mesmo depois de tudo. Eu sinto. Aqui, no mais profundo de mim reside seu ser. Transbordo, transcendo. Decanta tudo e ficamos nós. Implícito, infinito, intrínseco, inexorável. Eu. Você. Parte indissolúvel de mim. Razão para (re)existir.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s