Perdoa meus passos trôpegos

que eu esqueço seus recuos.

Não me espere.

Vá para o mais alto que puder

e, de lá, me alcance.

Queira-me sua. Revele-se meu.

Ensina-me teu ritmo.

Me leva pelo Teu tempo verbal.

Conjuga meu futuro.

Ensina-me você

para que eu possa saber de mim.

Um comentário sobre “Ensina-me

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s